25 de dezembro de 2010

Nome de fazenda

A Religião Católica destaca-se por ter muitos santos. Até aí tudo bem. Fui criada em uma família de católicos, então nunca me surpreendi com isso. É normal para mim. Mas tem uma coisa que eu ando pensando muito ultimamente. Por que todas as fazendas possuem nomes de santos? E o pior de tudo, muitas vezes as pessoas santificadas na verdade não são santas. Isso é muito esquisito.

Outro dia eu fui com meu namorado para a fazenda dos pais dele e logo na entrada me deparei com o nome “Fazenda Sta Geralda”. Bom, posso estar enganada, mas nunca vi nenhuma Geralda santificada. Logo perguntei como quem não quer nada, incapaz de conter minha curiosidade:

— Amor, quem é Geralda?

Ele murmurou um “Como?!”, não entendendo a pergunta, e muito provavelmente nem sequer se lembrando do nome da fazenda. As pessoas normalmente dão nome à propriedade, mas acaba que no final esta acaba sendo conhecida apenas por: “minha fazenda”, ou “fazenda do meu avô”, ou como no caso do Rafael, “fazenda dos meus pais”.

Apontei para o escrito que estava no portão e ele finalmente pareceu entender. Exclamou um “Ah, sim!” e apressou-se a explicar:

— Foi a mulher do meu bisavô — respondeu — Ela se chamava Geralda Roberta.
— E foi santificada?

Antes que me julguem, eu não sou o tipo de religiosa que se apega a esse tipo de coisa. Tudo bem, acredito em Deus e tudo, mas nunca decorei os nomes de todos os santos ou coisa parecida. A questão é que eu estava curiosa, entende?

— Não, não — ele se apressou a responder — Ela só era uma ótima pessoa — e deu de ombros, finalmente entrando na fazenda.

Ela só era uma ótima pessoa.

A frase ficou na minha cabeça, e fiquei refletindo comigo mesma sobre ela. No final das contas acabei percebendo que o mundo era superlotado de santos. Não existia uma pessoa que não fosse santa. Para confirmar a minha suspeita, tive que perguntar.

— Anjo, você me acha uma ótima pessoa?
— Mas é claro meu amor!

Ele pegou minha mãe e a beijou. Perguntei-me em quanto tempo teríamos uma fazenda com meu nome santificado.
------------------------//----------------//--------------------------

Oi gente *o*
È com essa crônica sobre nomes de fazendas que venho desejar a vocês um feliz natal. Eu pretendia escrever alguma coisa especial, mas realmente não estou com ideias novas. Enfim, feliz natal para todos vocês *o*.
Beijos,
Bella Fowl

2 comentários:

isa m. ~ kah disse...

HASIOHASIHOSAIH AMEI!
Mas a fazenda do meu avô não tinha nome santificado, sabia? Nem tinha um nome, na verdade. Era só 'do vô', haha!

Matheus Araújo . disse...

Porra queria um parente com fazenda , na minha familia Todo mundo é pobre :#
kkk'
gostei do blog '-'

Postar um comentário